ITA

Instituto Território das Artes

Nasce no meio da maior concentração de floresta do mundo, no Oeste do Pará, uma nova organização. O Instituto Território das Artes pretende institucionalizar a união de artistas, produtores e incentivadores da cultura amazônica na busca de oportunidades, políticas públicas, fomento e desenvolvimento da Economia da Cultura na região. 

Acreditamos que a cultura manifestada em forma de arte, um dos maiores ativos da população amazônica, de valor inestimável: sua memória, sabedoria popular e suas narrativas sobre o mundo e seu próprio território, tudo isso sintonizado também com o que há de mais moderno na música, teatro, dança, folclore, artes plásticas e audiovisual. Vemos a cultura e suas transversalidades como o turismo fortes instrumentos de desenvolvimento que une a sustentabilidade econômica, social e ambiental da Amazônia, tendo os povos da floresta e dos centros amazônicos como protagonistas desse processo.  

Os debates que resultaram na criação do ITA, iniciaram em meados do ano de 2018 a partir da conversa de grupos de Santarém e da vila de Alter do Chão que vinham discutindo projetos inovadores para a região, como por exemplo o Festival de Cinema de Alter do Chão (realizado em outubro de 2019), cujos integrantes estiveram na origem da iniciativa. Hoje o ITA conta com membros de outros municípios do Oeste, e colaboradores de outros estados como São Paulo, Curitiba e Brasília. 

Será uma instituição representativa dos variados seguimentos culturais da região com o intuito de fazer interlocução entre artistas e fazedores de cultura, o poder público e a iniciativa privada. 

Em seu corpo diretor vislumbra-se a diversidade étnica e cultural incorporada nos programas a serem executados pela instituição, assim como a representatividade dos seguimentos culturais diversos que há muitos anos militam no movimento arte e cultura do Oeste.