ALTER DO CHÃO

Nos tempos de Pindorama, o lugar se chamava Iwuipiranga morada e para sempre morada do povo Borari. Banhada pelas águas verdes e claras do rio Tapajós, tem a Ilha do Amor como sua pérola. “Em Alter do Chão, não se sente dor, tem um povo forte, mas acolhedor”, (canto do Sairé) lugar de boa gente, receptiva por natureza. Ao chegar é comum um convite para uma Piracaia ou uma festa de carimbó. Terra de boa música, belas praias, florestas exuberantes, tranquilidade e bem-estar. Cenário ideal para quem procura um descanso, uma balada e novas experiências e agora, para quem procura cinema.

Notícias

12 de novembro de 2021
Segunda Edição do Seminário Olha Já! Acontece na Próxima Semana

Vem aí! A segunda edição do Seminário “Olha Já”: caminhos do audiovisual na Amazônia. O objetivo é apoiar a qualificação técnica e incentivar a formação de público para o cinema e o audiovisual na região Oeste do Pará. Na programação: palestras, painéis e exibições. Além disso, o projeto também lançou o Concurso de Bolsas para […]

Vem Aí o CineAlter: Festival de Cinema Latino-Americano de Alter do Chão – Edição 2021